Conciliação Bancária

A conciliação bancária consiste em um comparativo entre as movimentações existentes em uma conta bancária e as existentes no sistema, com o intuito de manter o sistema atualizado com o saldo correto. As seguintes situações são naturalmente responsáveis por gerar diferenças entre a conta bancária e o sistema:

 

Diferença de tempo entre a emissão de um cheque e sua efetiva compensação no banco;

Débitos de tarifas bancárias;

Depósitos não identificados;

Antecipações de recebíveis;

Vendas com pagamento por boleto bancário;

 

Uma nova movimentação deve ser feita se o lançamento presente no banco não estiver no controle financeiro. Para tal, todas as instituições bancárias disponibilizam ao cliente um arquivo (extrato eletrônico) com extensão OFX ou OFC, o qual deverá ser importado no sistema:

 

 

1)Caminho do arquivo contendo os lançamentos bancários;

2)Conta bancária correspondente, cadastrada previamente no software, e vinculada à uma conta contábil;

3)Critérios que serão utilizados pelo sistema para avaliar e vincular um lançamento do arquivo com um lançamento do sistema;

4)Abre o arquivo e extrai os dados nele contidos. Além disso, lista os lançamentos feitos no sistema para o período contido do arquivo;

5)Dados gerais do cabeçalho do arquivo selecionado;

6)Lista de lançamentos encontrados no arquivo selecionado;

7)Lista de lançamentos encontrados no sistema para o mesmo período do arquivo;

8)Botão utilizado para iniciar o procedimento de conciliação.

 

Cada lançamento encontrado no arquivo possui a seguinte estrutura:

 

 

1)Barra lateral, utilizada para identificar o número sequencial e o tipo (crédito/débito) do lançamento dentro do arquivo. Também é utilizada para arrastar o lançamento e vinculá-lo à determinado lançamento do sistema;

2)Determina se, ao executar a conciliação, será criado um lançamento no sistema referente ao lançamento do arquivo;

 

Cada lançamento encontrado no sistema possui a seguinte estrutura:

 

 

1)Barra lateral, utilizada para identificar o número sequencial e o tipo (crédito/débito) do lançamento, além de possibilitar a localização do lançamento na tela de cadastro de lançamentos contábeis para melhor visualização das informações;

2)Saldo pendente do lançamento. Indica se o vínculo efetuado com o(s) lançamento(s) do arquivo está correto (saldo = zero);

3)Barra utilizada para vincular os lançamentos do arquivo, caso o sistema não consiga criar o vínculo inicial devido à divergência em um ou mais critérios selecionados.