Emissão de Boletos Bancários

Emissão de Boletos Bancários

A emissão de boletos bancários permite que o pagamento de determinada parcela seja efetuado em banco, lotérica, ou quaisquer outros estabelecimentos autorizados.

 

 

Deve ser informada a cobrança bancária para que as parcelas sejam filtradas e os dados do banco/agência/conta sejam definidos.

 

Todas as pessoas (físicas ou jurídicas) podem emitir boletos de cobrança, desde que possuam uma conta bancária, bastando se dirigir a uma agência e manifestar o interesse.

 

Alguns bancos permitem que a cobrança dos boletos sejam feitas em duas modalidades: cobrança registrada e não-registrada.

 

Os boletos de cobrança registrada são gerados pelo cedente e as informações do documento (sacado, valor e data de vencimento) são enviadas para o banco através de um arquivo de remessa. Estes dados são gerenciados pela instituição financeira que pode realizar serviços como o protesto de títulos quando inadimplentes.

 

Os boletos de cobrança não-registrada funcionam como os de cobrança registrada só que as informações do documento não necessitam ser enviadas para o banco. Portanto, todo serviço de verificação e protesto fica a encargo do cedente.

 

Os boletos de cobrança tem um custo. O custo dos boletos de cobrança registrados são cobrados quando o arquivo de remessa é enviado ao banco. O custo dos boletos de cobrança não-registrada, por sua vez, só é cobrado do cedente quando o sacado efetua o pagamento. De certa forma, os boletos de cobrança registrados podem ser chamados de pré-pagos enquanto os não registrados podem sem chamados de pós-pagos.